Já ouviu falar em jejum intermitente? Esse tipo de jejum vem se tornando cada vez mais famoso após algumas celebridades, personalidades e médicos adotá-lo.
O jejum intermitente favorece a desintoxicação do organismo, ajuda a aumentar a imunidade e melhora a disposição e agilidade mental.
Mas afinal, o que é o Jejum intermitente? Vamos esclarecer tudo nesse artigo.

O que é Jejum intermitente.

O Jejum intermitente é um tipo de dieta que consiste em não comer alimentos sólidos entre 16 e 36 horas seguidas, algumas vezes por semana, de forma programada, voltando à alimentação habitual de preferência saudável, baseada em alimentos com baixo teor de açúcar, gorduras e que sejam de fácil digestão como: cogumelos, batata doce, abobrinha, quinoa, peito de frango, brócolis, espinafre dentre outros.
Para conseguir os benefícios é necessário ficar de 14 a 16 horas (para iniciantes), somente ingerindo líquidos como água, café e chá sem açúcar.
Seu corpo vai fazer uma renovação celular, a partir de cerca de quatro horas em jejum seu corpo vai precisar de energia e vai começar a gastar as células que não estão muito legais para usar como fonte de energia.
Vale lembrar que para fazer esse jejum é necessário estar saudável e procurar orientação médica.
Esse Jejum não é tão novo quanto parece, ao contrário o Jejum intermitente se trata de uma prática milenar.
Por exemplo, se voltar um pouco à história da humanidade, o homem primitivo (nossos ancestrais), não tinha acesso tão fácil à comida como temos hoje.
Para nós basta apenas abrir a geladeira, ir ao supermercado ou até pedir comida pelo telefone.
Para o homem primitivo que precisa caçar para se alimentar, era bem mais difícil que tivessem todas as refeições que temos hoje. Então eles praticavam esse tipo de jejum, mesmo que de forma compulsória.
Hoje a prática de Jejum intermitente, visa melhorar a saúde física e mental. Embora ele não seja emagrecedor, ele potencializa o efeito de emagrecimento se após o jejum a pessoa procurar consumir apenas alimentos saudáveis e praticar atividades físicas.

Dicas para fazer Jejum intermitente

Dicas jejum intermitente

A dica número um sem dúvidas é sempre consultar seu médico para saber como anda sua saúde. Outra coisa importante, grávidas, lactantes, pessoas com peso muito baixo e pressão muito baixa não são aconselhados a fazer esse Jejum.
Durante o Jejum é ideal iniciá-lo a noite a partir das 18 horas.
Para iniciantes, é bom começar apenas com 12 horas, durante o período do Jejum se precisar você pode tomar líquidos, sem açúcar.

Um ponto bem importante para ter resultados, é o pós jejum, quando você quebrar o jejum é imprescindível que a dieta seja sem açúcares, gorduras e de fácil digestão.
A quantidade também não é muito grande, não adianta jejuar e depois sair comendo tudo que vê para compensar.
Um ponto muito importante para o jejum intermitente dar certo é a programação, antes de começar a jejuar, já deixe programado o que vai comer antes e depois do jejum.
Para aqueles que querem emagrecer, é interessante associar ao jejum uma dieta low carb, que consiste em diminuir os carboidratos industrializados, como farinhas refinadas entre outros.

Por que tomar bastante água durante o jejum?

A água no jejum intermitente é fundamental para eliminar essas toxinas e para manter a hidratação corporal.
Se não for feita a ingestão de água de forma constante, a questão pode se agravar para uma desidratação, portanto é ideal tomar bastante água.
Mas não pode ser qualquer água, tem que ser uma água que ajuda o organismo a fazer a limpeza e hidratação de forma correta.
A água alcalina e ionizada produzida pelas máquinas Kangen, são hidratantes, antioxidantes e auxiliam seu corpo a eliminar toxinas e radicais livres, por isso são as mais indicadas para acompanhar seu Jejum intermitente.
Já conhece a água Kangen? Entre em contato conosco e surpreenda-se!

botao whatsapp